O artista Manuel Di Rita, cujo nome artístico é Peeta, resolveu juntar seu amor pela arquitetura e esculturas em sua arte de ilusões de óptica imensas.

Peeta já pintou em vários países da Europa, Ásia, além da Austrália e dos Estados Unidos, onde prédios com sua marca chama a atenção de motoristas e pedestres ao passarem. O nome da técnica usada pelo pintor chama-se “anamorfose”. A técnica faz com que objetos planos pareçam ser tridimensionais.

Ele se inspira na arquitetura e nos seus arredores na hora de criar. “É muito importante interagir com a arquitetura,” explica Peeta. “Interagir com a geometria do espaço é fundamental porque cada espaço é completamente diferente.”

O background do artista em esculturas o tornam um artista único e é um diferencial para a sua arte. “Eu não estou só pintando ou criando designs abstratos.” Apesar que não querer passar uma mensagem específica, Peeta conta: “É importante trazer a arte para lugares onde as pessoas não a veriam, e eu posso criar algo que é específico para aquela área e ambiente.”

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos