Um casal australiano conseguiu a proeza de realizar um ensaio fotográfico de casamento em ruas desertas da sempre movimentada Paris. Eles transformaram uma situação potencialmente desastrosa em oportunidade ao utilizarem a seu favor os protestos que ocorreram na capital francesa no Dia do Trabalhador.

Lisa e Tim Gillam viajaram à cidade luz em Maio para realizar a sessão de fotos. Contudo, precisaram mudar os planos quando foram informados que várias áreas haviam sido bloqueadas pela polícia por causa das manifestações de Primeiro de Maio. Ou seja, adeus fotos na Torre Eiffel, Arco do Triunfo ou Champs Elysees.

Mas há quem faça dos limões uma bela limonada. Neste caso, Lisa, que já estava com seu vestido de noiva, decidiu tentar a sorte e perguntar aos policiais se poderia fazer rápidas fotos nas ruas fechadas. E é possível resistir ao pedido de uma noiva?

Em entrevista ao site Femail, a noiva contou que os oficiais estavam hesitantes e não queriam deixar o casal ultrapassar a barreira. “Então Tim e eu dissemos: ‘por favor, viemos da Austrália'”. Em troca de um beijo da noiva em sua bochecha, o comandante autorizou o ensaio por apenas 10 minutos.

No entanto, o casal conseguiu ficar na região por uma hora. Lisa contou que “ninguém pareceu se importar, até tiramos mais fotos com os guardas quando retornamos. Eles tocaram o hino nacional da Austrália em seus celulares na nossa chegada.”

“Nosso cinegrafista nunca tinha visto Paris daquele jeito. [Durante o ensaio] ele nos pediu para parar, olhar ao redor e absorver aquela visão única”, relembrou a noiva.

Fechar X
Sem mais artigos