Reprodução/Bored Panda/Gregg Segal

Um prato diz mais do que mil palavras: o fotógrafo Gregg Segal reuniu o que crianças ao redor do mundo andam comendo para mostrar as diferenças culturais. Durante três anos, o profissional viajou por nove países e capturou tudo o que os pequenos comeram no curso de uma semana.

O resultado dessas expedições ao Brasil, Estados Unidos, Índia, Malásia, Alemanha, França, Itália, Senegal e Emirados Árabes originou o livro ‘Daily Bread: What Kids Eat Around the World’, ‘O pão de cada dia: o que crianças comem ao redor do mundo’, em tradução livre.

“Foquei em crianças porque os hábitos alimentares são criados quando se é pequeno e se você não acertar aos 9, 10 anos, será muito mais difícil quando ficar velho”, explicou Gregg ao site Bored Panda.

O fotógrafo apontou que, diferentemente de alguns anos, as refeições em diversos países estão se tornando extremamente parecidas: “comidas ultra processadas e calorias ‘vazias'”. Como exemplo, comparou Isaiah, de Los Angeles, e Paolo, da Sicília.

Estados Unidos vs. Itália

“No passado, um garoto siciliano teria crescido com comidas bem diferentes em comparação com o colega estadunidense, mas agora as dietas estão convergindo. Tanto Paolo, quanto Isaiah comem batata frita, hambúrguer, pizza e pão. Vivem em continentes diferentes, mas é como se os pais  fossem ao mesmo mercado!”

Fechar X

Fechar X
Sem mais artigos