Crystal Kells é fotógrafa e mãe de um menino de cinco anos que se chama Cian. Para quebrar os estereótipos de gênero, ela decidiu fazer uma série de imagens com seu pequeno, que ama usar vestidos

Reprodução Crystal Kells é fotógrafa e mãe de um menino de cinco anos que se chama Cian

Crystal Kells é fotógrafa e mãe de um menino de cinco anos que se chama Cian. Para quebrar os estereótipos de gênero, ela decidiu fazer uma série de imagens com seu pequeno, que ama usar vestidos, saias e roupas que são “determinadas para meninas”.

“Ele ama usar vestidos. Mas ele também ama usar uma capa e sair brincando por aí. Ele gosta de heróis. Ama o Homem de Ferro, Patrulha Canina, carros e cortar o cabelo bem curtinho para ficar parecido com os homens que ele vê por aí”, afirmou Kells.

“Meu filho é um menino, ele sabe disso. Nós estamos ensinando a diferença entre corpos entre meninos e meninas. Ele tem um pênis, ele é um menino. Mas ele não usa esse pênis para poder usar um vestido ou para brincar com bonecas ou para brincar com carrinhos. Seu gênero não dita o que ele deve usar ou o com o que ele deve brincar, por que ele não precisa do seu gênero para brincar ou usar o que quiser. Meu marido e eu estamos tentando criá-lo sem estereótipos de gênero”, contou.

Crystal Kells é fotógrafa e mãe de um menino de cinco anos que se chama Cian. Para quebrar os estereótipos de gênero, ela decidiu fazer uma série de imagens com seu pequeno, que ama usar vestidos

Reprodução Crystal Kells é fotógrafa e mãe de um menino de cinco anos que se chama Cian

A fotógrafa contou ainda que procura não ensinar par Cian que “isso é para meninos e aquilo para meninas”. “Sou indiferente a pessoas que acham que estou encorajando meu filho a qualquer coisa apenas fazendo com que ele se expresse. Não sou convencional. Não espero que as pessoas concordem. O que eu espero é respeito. Espero que as pessoas não fiquem me tratando como se eu tivesse abusando da personalidade do meu filho”, completou.

“Ser pai e mãe significa coisas muito diferentes para pessoas. Para mim, é colocar alguém antes de mim mesma. Significa amar alguém mais do que qualquer outra coisa no mundo. Significa criar um filho para ser a melhor versão de si mesmo. Significa encorajar, respeitar, inspirar e desenvolver a próxima geração da sociedade. Quando nos tornamos pais, não é mais sobre a gente. É sempre sobre eles”, finalizou.

Confira o trabalho de Crystal Kells na galeria:

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos