O famoso Dollynho, personagem criado pela marca de refrigerantes Dolly, está de volta na campanha de Páscoa da marca. Após 10 anos, o filme é um remake da versão de 2009, que gerou polêmica ao mostrar crianças vestidas de coelhinho e cantando o jingle chiclete da marca, o que pode caracterizar pelas regras de publicidade a crianças como verbalização do consumo.

Além disso, na ocasião, o Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) entendeu que o filme fazia uso de crianças muito pequenas, que não teriam como avaliar o consumo de um produto com alto teor de açúcar.

 

 

 

Há 10 anos, a Dolly fez um pedido judicial para impedir que o Conar avaliasse essa peça e futuras campanhas da empresa e o processo foi aprovado. Já em 2017, os conselheiros do órgão determinaram que o comercial não poderia mais ir ao ar. Novamente, o anunciante entrou com um processo na justiça pedindo que o Conar fosse impedido de tomar qualquer decisão a respeito dos comerciais de Dolly.

Fechar X
Fechar X