Menina de 13 anos disse que estava grávida de garoto de 10

O caso envolvendo uma garota russa que estaria grávida de um menino de apenas 10 anos ganhou uma reviravolta nesta semana. Agora, um adolescente de 15 anos é suspeito de ser o verdadeiro pai da criança.

 

 

Darya ganhou os noticiários russos ao anunciar que estava grávida com apenas 13 anos e de um menino de 10 anos, chamado Ivan! A história ganhou destaque em programas de TV do país. Mas agora ganhou outros caminhos.

 

A família de Darya, desconfiada de que o verdadeiro pai estava sendo acobertado, resolveu denunciar um menino de 15 anos, que não teve a identidade revelada por questões de segurança. A Justiça da cidade de Krasnoyarsk decretou detenção domiciliar ao jovem.

 

Segundo a Constituição da Sibéria, a idade legal para se fazer sexo na região é de 16 anos. “Não acredito que Ivan seja realmente o pai da criança. Duvido que ele seja desenvolvido o suficiente para isso”, disse uma fonte que mora ao lado da casa do menino de 10 anos.

 

Outros vizinhos da família de Darya também acreditam que o verdadeiro pai está sendo acobertado. “Eu acho que uma outra pessoa a engravidou e agora eles querem colocar toda a responsabilidade no garoto”, disse uma moradora do bairro. A polícia continua investigando o caso e deve solicitar um exame de DNA assim que possível.

Fechar X
Sem mais artigos