Uma agência de recrutamento chamada Cynet Systems causou polêmica ao publicar uma vaga de emprego que buscava por candidatos “preferencialmente caucasianos”. Logo na primeia qualificação pedida, aparecia “pessoa preferencialmente caucasiana com bom conhecimento técnico”.

Segundo o site Insider, a vaga era para um cargo de TI em empresa farmacêutica, em Tampa, na Flórida, nos Estados Unidos. Diante das críticas recebidas no LinkedIn, a agência removeu o anúncio e divulgou um pedido de desculpas.

“A Cynet lamenta a raiva e frustração causada pelo anúncio ofensivo. Ele não reflete nossos valores de inclusão e igualdade. Os indivíduos envolvidos foram desligados. Levaremos isto como aprendizado para continuarmos servindo a comunidade”, disseram.

Fechar X
Sem mais artigos