O inglês Cyril Aggett, de 86 anos, não saiu de casa por um mês após a morte da sua esposa seis anos atrás. A vizinhança notou o sumiço e alunos do ensino médio de uma escola próxima de sua casa tiveram uma ideia.

Eles convidaram Cyril para almoçar na cantina do local quatro vezes na semana. Assim, ele teria a companhia das crianças e elas a participação de um “avô” durante as refeições. Segundo o site Daily Mail, desde então, o senhor faz parte da escola e interage com funcionários e alunos.

Além das refeições durante os dias de aula, os profissionais também lhe dão comidas que sobram para que ele consuma nos fins de semana. “Vir aqui me deu a alegria de volta. Eu até acho que eles nunca deveriam sair de férias”, brincou Cyril.

Neta faz ensaio emocionante com avó de 103 anos que não podia ir a casamento:

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos