A americana Hayden Hatfield Ryals, de 26 anos, fez uma doação anônima de médula óssea quando ainda estava na faculdade. No ano passado, descobriu que o material havia sido usado em um transplante que salvou a vida de Skye Savren-Cormick, de três anos.

Hayden foi informada que sua médula havia sido compatível com um paciente. E, através da organização Be The Match, foi atrás de informações de Skye. De acordo com o site Mirror, as duas finalmente se conheceram no aniversário da criança e, depois, Hayden a convidou para ser uma das damas de honra do seu casamento.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos