Aos 10 anos de idade, Max Vredenburgh escreveu uma carta, colocou em uma garrafa e a jogou no mar. E tudo que vai, volta. Após nove anos, o jovem finalmente recebeu uma resposta.

No Twitter, ele contou que jogou o objeto no oceano no dia 21 de Agosto de 2010, na cidade costeira de Rockport, em Massachusetts, nos Estados Unidos. Para sua surpresa, ela foi encontrada no dia 10 de Outubro de 2019… Na França!

“Oi, meu nome é Max. Quem quer que esteja lendo esta carta, me responda”, escreveu o então Max de 10 anos, adicionando o seu endereço. “Vou te contar um pouco sobre mim. Eu tenho 10 anos, eu gosto de maçãs, da praia, minha cor favorita é o azul, eu gosto de animais, de carros, e eu gosto do espaço. Por favor, me escreva de volta”, pediu.

O destinatário atendeu ao desejo daquela criança americana após encontrar a mensagem entre Contis e Mimizan, na França. “De acordo com a data que você colocou, 21 de Agosto de 2010, levam nove anos anos para percorrer os 6 mil quilômetros que nos separam. Você cresceu muito nesse período: de 10 para 19 anos”, notou a pessoa que assinou a carta como G. Dubois.

A história encantou o Twitter. Publicada no dia 8 de Novembro, ela possui, até o momento, mais de 131 mil compartilhamentos e 506 mil curtidas.

Fechar X
Sem mais artigos