A trajetória de Amos tem dramas, superação e muito amor envolvido. O cãozinho, da raça staffordshire bull terrier, nasceu cego em um canil e sempre teve dificuldade em encontrar alguém que o adotasse. Até que apareceu Jess Martin, um profissional do RH do Corpo de Bombeiros da Inglaterra, que se apaixonou pelo cão e o adotou no ano passado, quando foi voluntário no abrigo para animais.

Mesmo assim, Martin estava preocupado, pois não sabia se Toby, seu cachorro de 9 anos, se daria bem com Amos. “No começo Toby rosnou para ele algumas vezes e depois o ignorou. Amos veio de um canil e não sabe como se relacionar com outros cães. Depois de alguns dias, vi que Amos não conseguiu encontrar sua tigela de água e Toby o cutucou e o ajudou”, disse em entrevista à emissora Sky News.

O dono conta que Toby virou uma espécie de cão-guia e guarda costas de Amos, que teve de passar por uma cirurgia para a retirada dos olhos em fevereiro. “Quando saíamos para caminhar, Amos ficava muito assustado, especialmente com os ruídos e Toby rapidamente percebeu que ele precisava de ajuda. Então toda vez que Amos parava, Toby ia se deitar ao lado dele até que ele estivesse pronto. Eles desenvolveram uma boa comunicação entre eles e conhecem os limites um do outro.”

“O principal problema de Amos é a possibilidade de outros cães não gostem dele quando se aproximam, porque ele obviamente não pode se comunicar da mesma maneira, então ele não tem outros amigos. Mas Toby está sempre lá para protegê-lo, nós o chamamos de seu guarda-costas”, finalizou.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos