A cadela August, da raça golden retriever, ganhou uma celebração de aniversário especial neste ano, com direito a bolo de cenoura, cartaz e flores. Afinal, não é sempre que se chega à marca dos 20 anos. No caso de Augie, como é carinhosamente apelidada, isso significa desafiar as estatísticas: cães da sua raça vivem, em média, de 10 a 12 anos.

No dia 24 de Abril, August pode ter se tornado a golden retriever mais velha do mundo, informou o abrigo animal Goldheart Golden Retrievers Rescue nesta semana. A organização é a responsável por encontrar um lar permanente para a cadela aos 14 anos. Atualmente, ela vive com os donos Jennifer e Steve no estado norte-americano do Tennessee, segundo o site LadBible.

“Aos 20 anos, ela dobrou a expectativa de vida dos golden retrievers e ainda está com tudo. Ela viveu bastante por causa de sua boa genética, mas também porque sua dona, Jennifer, fez um incrível trabalho ao cuidar [de August], garantindo uma boa relação com o veterinário”, explica o abrigo em seu site.

De acordo com a tutora, Augie é surpreendentemente saudável, consegue se locomover bem – apesar de ter uma pequena tremedeira nas pernas ao se levantar – e gosta de caminhar pelo jardim. Ela toma suplementos para os rins e articulações.

Antes de ser adotada, a cadela havia passado por duas casas e precisou ser realocada. A organização reforça que as mudanças não foram culpa do pet. Ela conseguiu uma nova chance com Jennifer e Steve, que toparam o desafio de adotar um cão idoso e ainda adicionaram à família outros três pets da raça golden retrivers e gatos.

Fechar X
Sem mais artigos