Clube das garotas feias

Fotos de alguns dos participantes da campanha #uglygirlsclub (crédito: Reprodução/Instagram)

 

A beleza é uma coisa relativa, certo? Mas não tão relativa quando se é adolescente ou se está no primeiros anos da vida adulta e as inseguranças sobre a autoimagem ainda são um fantasma. As meninas sofrem muito com a cobrança da imagem corporal perfeita, não só pelos padrões impostos por revistas e pela moda, mas também pelas pessoas com quem convivem. Nem precisa dizer que o bullying come solto, ne? Mas cinco estudantes da Sociedade Feminista da Royal Holloway University, em Londres, resolveram tomar uma bela atitude sobre isso.

Ao escutarem de um rapaz que elas formavam o “Clube das Meninas Feias”, o grupo resolveu revidar de uma maneira bem humorada: criaram uma página no Facebook oficializando o nome do “clube” e sem empenharam em postar as selfies menos providas de beleza possíveis. A mensagem é altamente positiva e mostra que o humor é muito mais vantajoso e poderoso do que ficar mal com os ataques dos agressores do bullying.

 

Clube das meninas feias

A hashtag #uglygirlsclub acabou se espalhando e a campanha já conta com quase 4 mil pessoas no facebook. As minas inglesas também receberam solidariedade de outras sociedades feministas famosas no Reino Unido e Austrália e está se espalhando pelo globo. A ideia é continuar postando as fotos fazendo caretudas para mostrar que a “externalidade física” não é tudo. Outra prova de solidariedade, é que estudantes homens também começaram a aderir à campanha, ao postarem fotos em nome de suas faculdades. Bora entrar na dança também?!

ugly betty

 

Fechar X

Fechar X
Sem mais artigos