Aysha Khan é Miss Lancashire e uma das concorrentes ao posto de Miss Inglaterra. Muçulmana, ela poderia optar em não participar da categoria opcional de roupa de banho ‘Miss Beach Beauty’, mas ela desafiou as convenções ao ser a única, das 49 participantes, a usar um traje de corpo inteiro.

“Apesar de ser opcional, eu não queria deixar de participar da categoria porque roupa de banho não necessariamente quer dizer biquíni! Queria mostrar a todos uma perspectiva diferente sobre esses trajes, que podem ser bem diversos”, contou em uma publicação em seu Facebook.

Ao Daily Mail, a miss explicou que usar uma roupa mais modesta é uma escolha empoderadora para ela. “Algumas mulheres se sentem empoderadas vestindo menos roupas e celebrando seus corpos dessa forma, e eu respeito isso. Mas para mim, me cobrir é igualmente empoderador. ”

Aysha se classificou para o Miss Inglaterra após se tornar a primeira asiática a ganhar o concurso Miss Lancashire. Sua visibilidade tende a ser uma inspiração para mulheres de outras etnias e religiões. “Eu costumava pensar que concursos de beleza eram apenas sobre aparência, mas rapidamente percebi que há muito mais”.

“Sou muçulmana e obviamente sigo a religião, então não é fácil para mim posar de biquíni. Mas eu não queria que isso me parasse. Nunca me comprometi e me vesti modestamente durante a competição, acho que isso me ajudou a ter sucesso até agora”, explicou.

A modelo conseguiu se classificar para o Miss Inglaterra no top 20, o que ela considerou um grande “choque”. “Você pode ser autêntica e não ter arrependimentos. Foi o que eu fiz. Agora eu sou Miss Lancashire”.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos