Wynn e sua dona, Susan Ryan

Milhares de médicos estão trabalhando incansavelmente na linha de frente contra o coronavírus. Em Denver, no Colorado (EUA), uma cadelinha se tornou a heroína deles ao levar um pouco de conforto e alegria em meio a uma rotina tão estressante.

Wynn é da raça labrador, tem um ano de idade, é um cão de serviço em treinamento, mas que já está fazendo uma grande diferença aos médicos do Rose Medical Center.

O pet pertence a Susan Ryan, uma das médicas do local que também está atendendo os pacientes com coronavírus. Ela impactou a web ao publicar uma imagem em seu Facebook em que aparece sentada no chão do hospital, vestindo um escudo facial, máscara, e com Wynn ao seu lado. Ela havia acabado de atender um paciente.

“Ver e ouvir coisas que você não consegue desver te impacta. É aí que entram os cachorros. Quando você está na presença deles e os acaricia, está tirando um momento para se firmar no presente”, explicou Ryan ao site da CNN.

Para interagir com Wynn, é preciso seguir regras. O pet sempre frequentou o hospital e costumava ficar, principalmente, na ala de assistência social. Após o início da pandemia, é preciso lavar bem as mãos antes de interagir com ela.

Fechar X
Sem mais artigos