Esse museu tem comidas tão absurdas que tem até uma lousa informando quando foi a última vez que alguém passou mal. O Disgusting Food Museum (tradução: Museu de Comidas Nojentas) começou em Malmö, na Suécia, e sua exposição é tão fascinante quanto é bizarra.

É uma exposição um pouco diferente de outras por alguns motivos: primeiro, eles contam há quantos dias ninguém passa mal, e mantém um recorde de quem passou mal mais vezes. São cerca de 80 itens diferentes, entre eles queijos com larvas, doces feitos com materiais de limpeza, pimentas fortíssimas, entre outros.

Além disso, a exposição tem seções interativas (e você participa só se quiser, por sua conta e risco). Você pode cheirar alguns dos itens, e até provar outros também! Mas calma, todos são seguros, e tudo bem se você não se sentir bem.

O site diz que o objetivo é desafiar a noção de nojo e sabor, e questionar nossos conceitos em relação ao que é e não é nojento. Algumas comidas são até típicas de certas regiões, outras são consideradas “luxos” e são caras, e algumas foram até proibidas em alguns países.

O museu já fez uma “turnê” em Los Angeles no começo do ano, e por enquanto não tem prévia de um novo pop-up.

Veja aqui algumas fotos do que você pode encontrar no museu:

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos