Aplicativo andou flagrando traições na Coreia do Sul

Quando o Google Street View começou a funcionar para valer nos países, algumas pessoas se deram mal, lembra? Estavam em lugares onde talvez não deveriam estar e com pessoas que também não deveriam estar. Aconteceu algo bem parecido na Coreia do Sul.

Um aplicativo que faz o rastreamento de pessoas que estão com a Covid-19, desenvolvido por um garoto de apenas 19 anos, flagrou traições de maridos e mulheres do país asiático.

De acordo com um documentário da emissora britânica Channel 4, algumas situações acabaram acontecendo acidentalmente, já que o aplicativo usa de recursoso como a posição global da pessoa e dados de cartão de crédito, por exemplo.

“Alguém acaba ligando os pontos.’Espera, eu conheço um homem de 58 anos que mora nessa região’. As pessoas estavam em locais onde não deveriam estar, como em um motel. Houve casos de traição”, disse um cientista que está no documentário.

Já pensou se este aplicativo se espalha pelo mundo até chegar ao Brasil? Será que vai ter muita gente correndo risco de ser “detectado”?

Fechar X
Sem mais artigos