Reprodução/Guy’s and St Thomas

Em Londres, um médico e uma enfermeira precisaram cancelar a festa de casamento devido a explosão da pandemia do coronavírus. Mas isso não os impediu de casarem. Os dois trocaram votos e se uniram oficialmente na capela do hospital St. Thomas, local onde trabalham.

O casamento entre a enfermeira Jann Tipping, de 34 anos, e o médico Annalan Navaratnam, 30, estava originalmente marcado para ocorrer em Agosto, em Londres. Por causa do coronavírus, eles optaram por cancelar a festa com medo que seus familiares da Irlanda do Norte e Sri Lanka, respectivamente, não tivessem uma viagem segura.

Os noivos então celebraram a união apenas entre si, no final de Abril, na capela de onde trabalham, com a benção da administração, relatou o site do hospital St. Thomas. Eles transmitiram a cerimônia via chamada de vídeo para os familiares.

“Queríamos realizar a cerimônia enquanto todos ainda estão saudáveis, mesmo que isso significasse nossos entes queridos nos assistindo através de telas. Fizemos questão de celebrar enquanto ainda era possível”, contou Jann.

O casal teve apenas duas semanas para comprar as roupas e as alianças

No grande dia, estavam presentes na capela histórica, construída em 1870, apenas a reverenda, os noivos e duas testemunhas, que ajudaram a realizar a transmissão ao vivo.

Reprodução/Guy’s and St Thomas

“Foi um casamento adorável e a capela é linda, mas foi um pouco surreal casar onde trabalhamos e em um hospital. St. Thomas é um local tão especial para nós dois, especialmente para mim que estou aqui há seis anos. Agora há uma razão extra para ser tão importante para nós”, descreveu Jann.

Após o casamento, os noivos realizam uma recepção online, com direito à primeira dança e discursos. Eles inclusive enviaram garrafas de champagne para a casa de seus “convidados” para celebrarem a ocasião juntos.

Fechar X
Sem mais artigos