Vira e mexe meninas contam suas experiências negativas durante encontros marcados através de sites de paquera. Nesta semana, a história de um inglês se tornou viral. A irmã postou no Twitter uma troca de mensagens entre ele e uma garota que estavam combinando de se encontrar.

“Meu irmão ia sair com uma menina branca que conheceu no Tinder, mas ela disse que não gosta de estar perto de gente negra. Então, provavelmente, ela não devia querer sair com um cara negro. Estou confusa”, escreveu Annabel Sowemimo, uma médica que vive em Londres.

Annabel posta as imagens que mostram seu irmão e a menina, que não teve o nome revelado, acertando os detalhes de se encontrarem em um bar. Quando, de repente, a menina começa a despejar comentários racistas. Ela pergunta se o bar tem área externa “porque eu não gosto de ir em locais de gente preta sozinha”.

Educado, o menino diz: “coisa estranha de se dizer”. Pois, ela continua: “a última vez que estive em um bar assim, eu era quase a única pessoa branca lá. A única loira e outras poucas de cabelo castanho. Não me sinto confortável”.

Nesta hora, o inglês respondeu: “serei honesto, eu realmente não gosto do que está dizendo. Se você se sente desconfortável perto de gente negra, por que vamos nos encontrar?”. A menina parece não entender o absurdo dos seus comentários e continua a indelicadeza: “ótimo, então não nos encontramos”. Não satisfeita, ela envia outra mensagem mais tarde: “é muito rude desmarcar um encontro com alguém que já havia se deslocado mais de uma hora até o local. Provavelmente, esta á uma das razões que me fazem querer ficar longe de nigerianos”.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos