Reprodução/WBRE

Se garotas podem tudo, por que nem todos os brinquedos as representam? Vivian Lord, de seis anos, é fascinada por aqueles clássicos soldados em miniaturas, fabricados normalmente na cor verde, mas ficou inconformada ao não encontrar uma versão feminina deles.

“Ela pediu para procurarmos na internet se essas bonequinhas existiam de fato e, se sim, ela queria algumas”, contou a mãe, Brittany Lord, ao programa ‘Good Morning America’.

“Eu quero ter um exército de mulheres, mas não há soldadas em miniatura”, contou Vivian ao KTHV. Sua mãe afirma ter ficado até um pouco envergonhada por nunca ter pensado nisso antes.

A pequena, que mora no estado norte-americano do Arkansas, resolveu tomar uma atitude e escreveu uma carta a diversos fabricantes de brinquedos pedindo por uma reformulação: “por que vocês não fazem soldadas? A amiga da minha mãe também está no exército, então por que não fazem um brinquedo como ela?”

“Eu vi as soldadas na cor rosa, mas as pessoas no exército não vestem rosa e algumas meninas não gostam de rosa. Então, por favor, podem fazer essas miniaturas verdes que se pareçam com mulheres?”, protestou Vivian.

Ela terminou a carta de um jeito adorável, afirmando que brincaria com as soldadinhas todos os dias, assim como suas amigas.

De todas as companhias que receberam a carta, segundo o ‘Good Morning America’, apenas uma, da Pensilvânia, respondeu: a BMC Toys. “Isso irá acontecer”, comprometeu-se Jeff Imel, presidente da empresa.

Os brinquedos, de acordo com a companhia, já estão sendo estudados e devem ser lançados no final de 2020. BMC Toys chegou a compartilhar no Facebook alguns rascunhos e modelos do que está por vir.

Sem mais artigos