Não só a imprensa nacional e internacional fala sobre as simulações do Neymar em campo. O assunto foi parar na sala de aula já que a escola primária Home Farm School, na cidade de Colchester, na Inglaterra, proibiu futebol por uma semana porque os alunos estavam simulando faltas demais inspirados no craque brasileiro, diz o site Daily Mail.

“São alunos de quatro a 11 anos que estavam simulando em jogos com meninos mais velhos. Isso estava causando muitas brigas e discussões”, disse o professor Richard Potter. A saída dele foi colocar todo mundo para pensar durante uma semana e pediu aos alunos que escrevessem o que eles acreditam ser as regras do futebol.

Alguns pais discordaram da atitude do professor e disseram que não só Neymar tem o comportamento questionado em campo. “Existem também outras razões para as crianças serem violentas no futebol. Os jogadores ingleses também cometem erros. Mas não vamos culpar o esporte. Devemos ensinar enquanto a bola rola”, disse um dos pais.

Fechar X