O mascote das olimpíadas Vinicius foi sem dúvida um dos maiores destaques do evento esportivo sediado este ano no Rio de Janeiro.

Há controvérsias sobre ele ter sido ainda maior que o próprio Fuleco, da Copa do Mundo.

Fuleco comemorou horrores e precisou de glicose na veia

Assim como Fuleco, Vinicius também deixou muita saudade e queremos ele pra sempre. Não há palavras para descrever a simpatia de Vinicius nesta olimpíada.

Porém, na paralimpíada, Vinicius vai precisar parar de ser exibida e dar lugar a um novo amiguinho, Tom. Mas a pergunta que fica agora é: seria Tom um substituto à altura?

O mascote das paralimpíadas provavelmente percebeu que o seu colega já tinha um lugar no coração dos brasileiros e teria que lutar para conquistar o seu espaço.

Pensando nisso, Tom já chegou chegando e virou lembrancinha para os medalhistas na hora da entrega dos prêmios no pódio. Detalhe: o Tom vem com o cabelo da cor da respectiva medalha de cada um.

Veja só o mito da natação brasileira Daniel Dias com o seu Tom de cabeleira de ouro:

Além de aparecer no pódio, Tom já apareceu nos tatames praticando judô:

E arrasou também no funk:

Sim, Tom eventualmente conquistará o coração do brasileiro, mas a verdade é uma só: o Brasil não seria o mesmo sem esses dois ❤️❤️❤️❤️

 

Sem mais artigos