Casar e ter filhos é tão importante na Uganda, país onde nasceu Lulu Jemimah, que a universitária decidiu se casar com ela mesma para colocar fim aos comentários e perguntas da família sobre quando finalmente iria começar uma família.

Para seu aniversário de 32 anos, Lulu se vestiu de noiva, organizou uma pequena festa em um pub na capital do país para cerca de 30 pessoas, entregou convites para amigos e familiares e fez até brinde e discurso explicando a ausência de um noivo. Segundo ela, os pais ficaram um “pouco confusos” com a celebração.

“Eu sou apaixonada pela vida e comprometida com meus objetivos. E, agora, casar não é um deles. Mas minha família não se cansava de perguntar quando eu me casaria – o que é muito importante em Uganda”, contou ao site Daily Mail.

E, continuou: “meu pai escreveu o discurso que daria no meu casamento quando eu completei 16 anos. Em todos os meus aniversários recentes, minha mãe rezou para que eu arrumasse um marido”.

Lulu faz mestrado na prestigiada universidade inglesa de Oxford e, antes disso, era bolsista na Austrália, onde estudou comunicação. Foi uma de suas amigas inglesas quem sugeriu lhe dar um vestido de noiva de aniversário. A jovem embarcou na ideia e acabou tendo um casamento do seu jeito.

Fechar X
Fechar X