O Instagram censurou, na última quarta-feira (28), uma imagem de topless da atriz Leticia Colin postada no perfil da editora-chefe da revista Marie Claire. A atriz é capa da edição de dezembro da publicação e posou com os seios à mostra justamente para questionar a exposição e repressão do corpo feminino: “por que os homens podem andar sem camisa e nós não?”, disse na entrevista.

A editora Laura Ancona teve a foto deletada duas vezes pelo Instagram e recebeu o seguinte posicionamento da plataforma, segundo o site da revista. “Removemos sua publicação porque ela não cumpre nossas Community Guidelines em nudez ou pornografia. Se você infringir nossas diretrizes mais uma vez, sua conta será restrita ou desativada. Removemos algumas fotos de mamilos femininos, mas fotos de cicatrizes de mastectomia e mulheres amamentando são permitidas”.

A assessoria de imprensa do Instagram informou que “nem sempre é fácil encontrar o equilíbrio entre possibilitar que as pessoas se expressem e manter uma experiência confortável para toda nossa comunidade global, cultural e etariamente diversa, mas nos esforçamos para chegar lá”.

Na conta da Marie Claire, a foto permaneceu. Mas, em perfis particulares, ela foi repostada com uma tarja vermelha cobrindo os seios de Leticia Colin. As atrizes Nanda Costa, Giselle Itié, Samara Felippo e Suzi Pires comentaram sobre a remoção da imagens em suas redes sociais.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Pelo dia em que nossos corpos nunca mais nos farão mortas. Obrigada, Marie Claire. Juntas, Somos. Com liberdade.

Uma publicação compartilhada por Leticia Colin (@leticiacolin) em

Fechar X
Fechar X