A filipina Lovely Acosta Baruelo, de 26 anos, foi amarrada em uma árvore por horas como castigo de seus chefes. Ela trabalhava como funcionária doméstica de uma família rica na cidade de Riyadh, na Arábia Saudita, e foi punida por ter esquecido um móvel caro da casa no jardim, informou o site inglês Metro.

As fotos foram tiradas por outro funcionário da casa e postadas na internet. “Quero agradecer a todos que me ajudaram e quero pedir aos filipinos que deixem este país. Foram eles que publicaram minhas fotos e agora podem estar em perigo também”, disse Baruelo.

Ela comentou ainda que a dona da casa paga salários abaixo da lei e maltrata os funcionários. “Ela queria me mostrar o estrago que o sol pode fazer ao móvel e também em mim”, explicou.

Com a ajuda da embaixada filipina, que confirmou os maus tratos, Baruelo voltou ao seu país de origem na última semana.

Fechar X

 

Fechar X
Sem mais artigos