Com peças de Leg e muita imaginação, um garoto de 12 anos deu uma segunda chance a um filhote de cachorro.

Gracie foi abandonada em uma clínica veterinária em Atlanta, na Geórgia, Estados Unidos, coberta de larvas e com pelos faltando em algumas áreas do corpo, como olhos e rabos. Ela também possuía uma característica única: nasceu sem as duas patas frontais.

O filhote foi entregue ao abrigo animal Mostly Mutts, onde encontrou uma família bastante especial. Gracie mora com três irmãos caninos: um com paralisia nas patas traseiras, outra com três patas e o mais novo sofre com escoliose.

Como ela ainda estava em fase de crescimento, precisava de um aparato que acompanhasse seu desenvolvimento. Por isso, um dos voluntários do abrigo, Dylan, de apenas 12 anos, construiu uma cadeira de rodas provisória com peças de Lego. O aparato era readequado conforme o tamanho de Gracie.

Ao completar um ano, a cadelinha enfim ganhou uma cadeira de rodas definitiva.

Atualmente, Dylan está construindo outra cadeira, desta vez para ajudar o irmão mais novo de Gracie, Mouse.

Fechar X
Sem mais artigos