Durante a Primeira Guerra, que aconteceu entre 1914 e 1918 na Europa, um navio com garrafas de licor caríssimo da época e que tinha como destino a Rússia, mais precisamente, o palácio do Czar Nicholas II, foi roubado.

Na ocasião, um time de suecos evitou que algumas garrafas afundassem junto com um navio alemão. Mas, boa parte da frota acabou mesmo no fundo do mar.

Há 20 anos, um grupo de mergulhadores chamado Ocean X tenta resgatar as garrafas. E, finalmente, eles conseguiram nesta semana. “O último pedido de licores raros que iria para o Czar Nicholas II foi recuperado. Uma pesquisa que começou há duas décadas agora está completa”, escreveram os responsáveis pelo resgate.

Segundo o grupo, as 600 garrafas retiradas do mar valem impressionantes $4,7 milhões de libras (aproximadamente R$ 24,7 milhões). Agora, especialistas estão avaliando se a bebida ainda está em condições de ser consumida.

Conta no Instagram reúne cenas surreais flagradas no transporte público:

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos