Uma família americana tinha dois golden retriever, Addie e Wrigley. O último morreu e, como Addie estava triste demais, os donos decidiram incluir um novo morador na casa. Jake, da mesma raça, foi adotado meses depois. Mas, quando completou dois anos, eles perceberam que o animal estava com um problema no olho. Ele não produzia mais lágrimas e, apesar de ter passado por cirurgias para reverter o quadro, acabou ficando cego.

Então, sem nenhum treinamento ou ajuda, Addie assumiu o posto de cão-guia do novo integrante da família. Os dois se tornaram grandes amigos e ela o ajuda no dia a dia e o acompanha para todos os lados.

“Jake segue Addie pelos latido e pelo cheiro”, explicou a dona ao site Bored Panda. Na web, ela posta várias fotos desta dupla. Confira na galeria:

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos