Uma mãe e um bebê de um ano e três meses ficaram presos no carro durante um protesto no distrito de Baabda, no Líbano, no último final de semana. Os manifestantes haviam bloqueado a passagem do veículo, mas ao serem alertados que havia uma criança no carro, começaram a cantar o hit ‘Baby Shark’, trazendo ao menos alguns minutos de leveza ao ato.

“Eu disse a eles ‘eu tenho um bebê [no carro], não façam muito barulho”, relatou a mãe de Robyn Haddad, Eliane Jabbour, à CNN. Foi então que o grupo começou a cantar a música que virou febre entre crianças.

“Foi espontâneo”, relembra. “Ele gosta da canção. Ouve várias vezes em casa e dá risada”, explicou ao veículo.

Jabbour compartilhou o momento inusitado em seu Facebook, agradecendo a atitude dos manifestantes: “obrigado pela animação na estrada. Assinado, bebê Robyn Haddad”.

Os protestos no Líbano começaram na última quinta-feira (17), quando o governo anunciou novas taxas, incluindo uma tarifa para realizar ligações pelo aplicativo WhatsApp. Após pressão popular, houve recuou e a medida foi cancelada.

Contudo, as manifestações não cessaram. A população continuou protestando contra a situação econômica e política do Líbano.

“Robin assistirá a esse vídeo quando crescer e saberá que esses homens libaneses estavam protestando por ele”, afirma Jabbour.

Fechar X
Sem mais artigos