Luca Trapanese é um italiano de 41 anos e sua história se tornou conhecida por ter conseguido adotar Alba quando ela ainda era um bebê. A menina nasceu com Síndrome de Down e havia sido rejeitada por 20 famílias antes de finalmente conhecer Luca.

A adoção aconteceu em 2017 e chamou a atenção da imprensa italiana. Na época, o juiz que concedeu a guarda foi elogiado por dar a chance de ser pai para um homem gay e solteiro dentro de um sistema judicial muito conservador.

Dois anos depois, a família formada por Luca e Alba segue firme e forte e, recentemente, ele falou os cuidados e relação com a menina. “Eu nunca tinha segurado um bebê recém-nascido nos braços, mas quando peguei Alba soube imediatamente que seria seu pai”, contou.

E, continuou: “ela revolucionou minha vida e tudo hoje gira em torno dela. Ela me trouxe enorme felicidade. Eu sou muito orgulhoso de ser seu pai”.

Crianças comemoram adoção:

Fechar X
Sem mais artigos