Appaz Iliev, considerado o homem mais velho do mundo, morreu nesta semana aos 123 anos.

Pai de oito filhos, ele trabalhou a vida todo como pastor de ovelhas e dizia que a forte saúde vinha de 11 horas de sono diárias e nunca ir ao médico ou tomar medicamentos.

De acordo com o site Daily Mail, Iliev dizia ter nascido em 1896 no território que hoje é a Geórgia. Ele afirmou à imprensa local ter lutado na Primeira Guerra Mundial e viu de perto os horrores da Segunda Guerra.

Apesar dos depoimentos, nunca foi possível atestar com documentos a idade de Iliev, por isso ele nunca entrou para o livro dos recordes. O Guiness considera que atualmente a pessoa mais velha do mundo é a japonesa Kane Tanaka, de 117 anos.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos