Roy Allela com o protótipo da Sign-IO

O jovem queniano Roy Allela criou um equipamento que vai facilitar a comunicação entre pessoas com deficiência auditiva e aqueles que não entendem língua de sinais. Sua nova criação chama-se Sign-IO, e promete revolucionar a comunicação.

Roy Allela, de 25 anos, criou luvas com sensores em cada dedo que detecta a posição dos dedos, e como e quanto eles se dobram. A luva é conectada com um sistema Android via Bluetooth, que por fim, utiliza a função de conversão de texto em voz para “traduzir” o que a pessoa está sinalizando.

A inspiração de Roy foi sua sobrinha, que é surda. Nem ele nem ninguém da família conhece língua de sinais, e todos tinham dificuldade de entendê-la. “Minha sobrinha usa as luvas, se conecta no meu celular ou no dela, e começa a conversar. Agora eu entendo o que ela quer me contar”.

Ele espera que as luvas possam ser utilizadas por crianças nas escolas no Quênia, e eventualmente em outras partes do mundo.

Apesar de não estarem à venda e ser um protótipo em fase de testes, as luvas já ganharam muitos prêmios e chamaram atenção. Sign-IO foi a ganhadora do prêmio “Hardware Trailblazer” em 2018, na final mundial da Sociedade Norte-americana de Engenheiros Mecânicos (ASME em inglês), em Nova York.

Veja aqui as luvas Sign-IO de Roy Allela:

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos