A inglesa Ann Barter sempre quis ser mãe. E, quando completou 18 anos, desistiu de encontrar um namorado e decidiu engravidar usando doador de esperma.

Ela entrou em grupos do Facebook em que outras mulheres também buscavam doadores e encontrou um homem disposto a dar o material. “Quando vi que o sistema de saúde nunca me ajudaria por causa da minha idade e também pesquisei os valores para inseminações em clínicas, fui atrás de outras alternativas. Eu tento encontrar um doador desde meus 16 anos”, afirmou.

Ao site The Sun, ela contou que encontrou o homem em um hotel de Londres para pegar o esperma. “Eu o encontrei no hotel, ele me mostrou seus exames de saúde, ejaculou no potinho e foi embora”, lembra.

Usando um kit de fertilização manual, ela mesma inseriu o esperma para fecundação. O procedimento deu certo e logo Ann estava grávida de Anela, hoje com oito meses de vida. “Eu sou uma pessoa madura, independente e não me arrependo. É meu corpo e ninguém pode me dizer quando eu posso ou não ficar grávida”, afirmou.

Ann contou ainda que o doador conheceu a filha, mas que eles não têm uma relação. “Eu fui criada apenas pela minha mãe. Conheci meu pai há dois anos, então nunca coloquei ênfase em precisar de um homem para trazer uma criança ao mundo”.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos