O dia 17 de maio é muito importante para a causa LGBT. Foi nessa data, 1990, que o “homossexualismo” foi retirado da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID), da Organização Mundial da Saúde (OMS). Manifestações contra a LGBTfobia estão dominando as mídias sociais, mas o foco da pauta mudou quando começou a se espalhar a campanha da Jovem Pan, organizada sob a tag #MinhaÚltimaMúsica.


A implicação é meio óbvia, né?

É claro que ninguém tá perdoando a falta de sensibilidade da campanha da rádio. Mas a polêmica se expandiu e acabou incluindo a cantora Pabllo Vittar. Em seu twitter oficial, a seguinte mensagem foi compartilhada:

Após ser extremamente criticada pelo posicionamento, Pabllo assumiu o seu Twitter e prestou esclarecimentos. Contou que tem uma equipe que cuida de suas mídias sociais e garantiu que quem postou aquilo não trabalharia mais com ela:

Ela também se manifestou em um vídeo do Instagram:

Fechar X
Sem mais artigos