Um juiz determinou como pena que uma mulher deva visitar o túmulo da idosa de 78 anos que morreu após ter sido atropelada por ela. Lori Hoefs, de 57 anos, estava usando o celular quando passou no sinal vermelho e atingiu Brenda Travis, que morreu no hospital por complicações do acidente.

Segundo o site Metro, o juiz determinou que Lori cumpra 6 meses de pena em regime fechado e, quando livre, deve ir ao cemitério por dois anos seguidos visitar o túmulo de Brenda, no estado de Minnesota, nos Estados Unidos. O acidente deixou ainda Glen Travis, irmão de Brenda de 81 anos, gravemente ferido.

Fechar X