O livro A Culpa é das Estrelas, best-seller mundial e que deu origem ao filme estrelado por Shailenne Woodley, foi banido da biblioteca de uma escola pública na cidade de Riverside, na Califórnia, nos EUA.

De acordo com o The Hollywood Reporter, a obra do escritor americano John Green, a proibição do romance, que retrata o relacionamento de dois adolescentes com câncer, aconteceu depois da reclamação da mãe de um aluno da Frank Augustus Miller Middle School.

Karen Krueger disse que ficou “chocada” com o fato de um livro que trata de morte e sexo estar disponível para crianças de 11 a 13 anos da unidade.

Após a “denúncia”, a escola reuniu um comitê que, por seis votos a um, resolveu banir o livro da biblioteca. No Tumblr, John Green ironizou o ocorrido:

“Fiquei feliz e triste com o que aconteceu. Fiquei feliz porque, aparentemente, esses jovens de Riverside nunca serão testemunhas da morte, já que elas nunca vão ler meu livro. Por outro lado, eu também estou triste porque eu esperava poder introduzir a ideia de que pessoas podem morrer a essas crianças e acabar com suas esperanças de imortalidade.” 

 

Fechar X
Sem mais artigos