Kara Coley

Reprodução Kara Coley

Como a maioria dos bartenders que têm 17 anos de experiência, Kara Coley teve muitos clientes que lhe pediam conselhos. No entanto, recentemente, ela foi surpreendida não por um cliente, mas uma mãe preocupada.

Kara trabalha em um bar LGBT chamado Sipps, em Gulfport, Mississippi, nos Estado Unidos. “A sexualidade é um fator importante na maioria das perguntas que recebo”, disse ela ao Bored Panda. “Geralmente vem de uma pessoa que está lutando com isso”, completou.

Kara Coley

Reprodução Kara Coley

Num belo dia, a mãe de um rapaz ligou questionando o que deveria dizer para o filho que tinha acabado de contar para a família que era gay. “A inversão do papel e o fato de partir de um pai é a parte que me chocou”, explicou Kara.

Primeiro, Kara achou que era uma briga. “É definitivamente uma abordagem diferente”, disse ela. “A maioria das pessoas apenas faria alguma pesquisa na internet ou conversaria com alguma pessoa que eles conhecem (todos nós temos uma)”, concluiu.

Confira como foi a conversa, que acabou viralizando no Facebook:

Kara: Boa noite, obrigada por ligar para o Sipps!
Mãe: Esse é um bar gay?
Kara: Bem, nós somos um bar para todo mundo, mas, principalmente, gay.
Mãe: Posso te perguntar uma coisa?
Kara: Claro!
Mãe: Você é gay?
Kara: Sim, eu sou!
Mãe: O que você queria dos seus pais quando você se assumiu?
Kara: Umm…
Mãe: Meu filho acaba de contar para mim e eu não quero dizer nada que possa mexer com a cabeça dele.
Kara: Bem, eu acho que você poderia apenas fazer com que ele tenha certeza que você o ama e o aceita. Calma, você aceita isso?
Mãe: Bem, sim, se isso é o que ele quer.
Kara: Você, definitivamente, deveria falar para ele que você o ama e o aceita. Acho que tudo vai ficar bem a partir daí!
Mãe: Ok, obrigada!
Kara: De nada! Boa sorte!

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos