(Foto: reprodução/ Internet) Maradona

Após a derrota da Argentina por 4 a 3 para a França, que resultou na desclassificação dos hermanos na Copa do Mundo, Maradona disse que toparia ser técnico da Seleção. E, de graça.

Sim, e eu trabalharia de graça. Eu não pediria nada em troca”, disse o ex-craque a uma emissora de TV da Venezuela ao ser questionado se aceitaria comandar a Seleção Argentina novamente.

Para quem não se lembra, Maradona treinou o time na Copa do Mundo de 2010, mas viu a chance do título ir embora após sua equipe perder para a Alemanha por 4 a 0 nas quartas de final.

Sobre a eliminação da Argentina na Copa 2018, ele lamenta: “Me sinto realmente triste por ver tudo que foi construído com tanto esforço ser destruído tão facilmente”.

Maradona vira capa de discos:

Sem mais artigos