Cansado de atender “influenciadores do Instagram” que pediam por sorvete gratuito em troca de um post, o dono de um food truck, em Los Angeles, criou uma nova regra: ‘celebridades’ da rede social pagam o dobro de agora em diante.

“Nós não ligamos para quantos seguidores vocês têm e ficamos com vergonha alheia quando nos dizem”, escreveu a marca CVT Soft Serve em seu Instagram ao anunciar a tarifa.

Para oficializar de uma vez por todas a nova regra da casa, o dono Joe Nicchi fez até uma placa bem direta e reta: “influenciadores pagam o dobro”. “Nós realmente não ligamos se você é um influenciador ou quantos seguidores têm. Nós não te daremos um sorvete de graça em troca de um post na sua rede social”, escreveu a marca em seu Instagram. “Um cone custa US$4… Bom, agora são US$8 para você”, ironizou, acrescentando a hashtag “influenciadores são nojentos”.

Ao jornal The Guardian, Nicchi afirmou que sua marca é uma influenciadora “anti-influenciadores”. Segundo o empreendedor, ele recebe pedidos semanais por produtos gratuitos em troca de “exposição”. “Eu adoro a palavra ‘exposição’, é tão ridícula”, disparou.

O food truck foi inaugurado em 2014 e possui um estética vintage extremamente ‘instagramável’, que claro, não passou despercebida pelos influenciadores. Mas Nicchi deixa bem claro que o CVT Soft Serve é sua fonte de renda, “eu não posso dar sorvetes de graças”, reforça.

De acordo com o empreendedor, as propostas por e-mail são chatas, as realizadas pessoalmente piores ainda, mas algumas são particularmente ofensivas. Ele lembra quando a assistente de uma conhecida atriz, que não foi identificada, o abordou para tentar negociar uma parceria. Nicchi doaria sorvetes para o elenco e equipe de gravação e, em troca, a estrela tiraria uma foto ao lado de seu caminhão.

A resposta? “Eu amaria fazer isso, mas não acredito que a escola do meu filho aceite a foto de uma celebridade como pagamento”. Ai!

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos