Estima-se que os incêndios florestais que assolam a Austrália desde Setembro do ano passado já tenham atingido 8 milhões de hectares de terras, matado 29 pessoas e mais de 1 bilhão de animais.

Horrorizado com este cenário, um menino de seis anos resolveu fazer coalas de argilas para tentar arrecadar dinheiro em prol dos animais silvestres. Ele só não esperava que o pequeno gesto fosse resultar em mais de US$ 270 mil (cerca de R$ 1.1 milhão) em doações.

Ao saber que animais estavam sendo afetados pelo fogo, Owen Colley, de Hingham, no estado norte-americano de Massachusetts, disse à mãe Caitlin que gostaria de ajudar.

“Foi a primeira vez que Owen pediu algo que não fosse Lego ou para ele mesmo”, contou Caitlin em entrevista à CNN. Há duas semanas, a família teve então a ideia de fazer coalas de argila em troca de doações no valor de S$50 ou mais para o grupo australiano de proteção animal Wildlife Rescue South Coast.

Caitlin explicou que US$ 25 ajudam a alimentar um canguru por um mês. Portanto, a cada coala de argila vendido, dois bichinhos conseguem ser mantidos durante 30 dias.

A campanha cresceu tanto que os Colley transformaram o projeto em uma campanha de financiamento coletivo no site GoFundMe, e já arrecadaram – até o momento – mais de US$270 mil. “Nunca, em um milhão de anos, esperávamos tanto sucesso ou que seria possível encontrar tantas pessoas maravilhosas”, escreveram na plataforma.

Como a alta demanda, a família precisou estipular um limite para a produção de coalas e serão enviados 3 mil itens como recompensa. No entanto, ressaltaram que a campanha continua aberta para quem quiser fazer doações para a Wildlife Rescue South Coast.

Fechar X
Sem mais artigos