Um pequeno mercado da cidade de Votorantim, no interior de SP, viralizou nas redes sociais com uma placa criativa que “cobrava” R$ 5 mil pela entrada de qualquer cliente sem máscaras durante a pandemia do coronavírus. Quem estivesse com o equipamento de proteção, por outro lado, entraria de graça.

“Bem-vindo. Entrada com máscara: R$ 0. Entrada sem máscara: R$ 5 mil”, diziam os letreiros da placa fixada na entrada do estabelecimento Nagae. Evidentemente que se trata de uma brincadeira. O Governo de São Paulo tornou obrigatório o uso de máscaras em ambientes públicos.

A multa pelo descumprimento da norma pode trazer multa de R$ 500 para quem circular em ambientes públicos sem máscara. Estabelecimentos que atenderem clientes que não estejam usando o equipamento também terão de pagar multa de R$ 5 mil.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos