Quando o jornalista Mark Simpson, em 1994, cunhou o termo “metrossexual” ele queria definir os homens “solteiros e jovens que vivem ou trabalham na cidade” que, assim como as mulheres, podem se cuidar esteticamente sem culpa alguma. Hoje em dia, 20 anos depois, o jornalista observa que surge um novo tipo de homem, o spornosexual, que é uma mistura de dedicação ao físico (conseguida por meio do esporte) e pornografia (por conta da adoração ao corpo).

Ao contrário do metrossexual, o spornosexual – termo que ainda não tem tradução para o português – quer ser reconhecido não por suas roupas ou pelo cabelo perfeitamente alinhado, mas sim por ter um corpo musculoso de dar inveja. Assim sendo, são pessoas extremamente narcisistas, fruto do exibicionismo em tempos de redes sociais, afinal, de nada adianta ter tudo isso se eles não puderem mostrar por aí.

“Seus próprios corpos tornaram-se acessórios finais. Commodity em alta que eles compartilham e comparam no mercado on-line”, explica Simpson em entrevista ao The Telegraph.

Confirmando essa nova tendência, um estudo feito em 2013 com homens britânicos descobriu que eles gastaram muito mais em sapatos, produtos para pele, cabelo e perfume do que as mulheres.

Confira na galeria acima alguns exemplos de gatos que são verdadeiros spornosexuais!

Fechar X
Sem mais artigos