Milhares de muçulmanos de reuniram na mesquita de Lakemba, em Sidney, na Austrália, para rezar pelas 49 pessoas da mesma fé mortas em ataques na cidade de Christchurch, no país vizinho da Nova Zelândia.

Apesar dos avisos de segurança, mas de mil pessoas lotaram o espaço, segundo o Daily Mail. “É mais importante do que nunca que fiquemos unidos”, disse um dos presentes ao site.

Nesta sexta-feira (15), duas mesquitas neozelandesas foram atacadas deixando 49 mortos e 48 feridos. De acordo com a polícia, o governo classifica como atentado e três pessoas foram presas.

 

Fechar X