Peter Tabichi ganhou, no último sábado (23), o prêmio de melhor professor do mundo. O Global Teacher Prize deu a ele US$ 1 milhão (aproximadamente R$ 3,8 milhões).

Tabichi é professor de matemática e física em uma aldeia remota do Quênia, no continente africano, e doa 80% de seu salário todos os mês para pessoas carentes da cidade, especialmente seus alunos e suas famílias.

Segundo o site Daily Mail, o professor de 39 anos, que é monge franciscano, recebeu o prêmio das mãos do ator Hugh Jackman em uma cerimônia em Dubai.

“Não é por causa do dinheiro. Todos os dias na África nós viramos uma nova página e temos um novo capítulo. Este prêmio não me reconhece, mas reconhece os jovens deste ótimo continente. Só estou aqui por causa do que os meus alunos conseguiram. Este prêmio dá a eles uma chance e diz ao mundo que eles podem fazer o que quiserem”, disse no discurso.

Fechar X