As noções de ciúme foram atualizadas em uma família na Tailândia. Isso porque Pilaiwan Kimaphan, de 38 anos, tentou matar o marido antes de cometer suicídio para evitar que ele encontrasse um novo amor. Ela foi diagnosticada com câncer recentemente e estava à beira da morte, segundo o site Daily Mail.

A polícia encontrou Pilaiwan morta na cama com um tiro na lateral da cabeça e seu marido com ferimentos na mesma região, mas ainda respirando. Os oficiais foram chamados pelos vizinhos após eles ouvirem gritos e disparos na casa. De acordo com o site, Montree, de 43 anos e líder político da vila, está internado em estado grave.

Antes do crime, a mulher enviou uma mensagem de texto se despedindo do filho mais velho do casal que dizia: “nós sentimos muitos, mas mamãe e papai não podem mais aguentar. Eu estava muito cansada. Eu sinto muito”.

O ciúmes da mulher era conhecido na pequena aldeia onde viviam. “Ela estava muito doente e fraca, não conseguia mais fazer muitas coisas. Sua principal preocupação era que ele encontrasse outra mulher porque ele é bonito e tem muitos amigos”, disse uma testemunha à imprensa local.

Veja por onde passa a volta ao mundo de trem em 2020:

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos