Uma mulher resgatou 97 cachorros das ruas para protegê-los do furacão Dorian, que deixou um rastro de destruição nas Bahamas e chegou à categoria 5, tornando-se a tempestade mais forte da história da ilha, de acordo com o The Washington Post.

Chella Phillips abrigou os animais em sua própria casa. Apenas no quarto principal ficaram 79 cães. “Desde a última noite, tem sido insano. Cocô e xixi sem parar, mas pelo menos eles estão respeitando minha cama e ninguém ousou subir nela”, contou a voluntária em uma publicação no Facebook.

Phillips explicou que precisou preparar a casa para receber os pets: colocou música para acalmá-los e manteve o ar condicionado ligado. Cestas também foram doadas para ajudar os cães mais assustados e doentes, como ela relatou em sua publicação.

“Talvez a ilha não seja atingida com tanta força quanto as outras, mas a parte triste é que após o furacão deixar as Bahamas, alguns locais demorarão um tempo para se recuperar. Cada ilha possui diversos cães sem casa, meu coração se parte ao pensar naqueles que não possuem um lugar para se esconder”, desabafou.

Phillips possui um refúgio para animais chamado ‘The Voiceless Dogs of Nassau, Bahamas’, que já ajudou cerca de mil cachorros.

Após a passagem do furacão Dorian, ela contou ao noticiário WFTS que a energia chegou a cair e a família precisou combater uma inundação. Apesar do susto, assegurou que todos os moradores da casa – humanos e caninos – passam bem.

Fechar X
Sem mais artigos