Na correria do balcão do McDonald’s, não é impossível que alguém erre um pedido ou entregue uma batata-frita um pouco mais fria do que o desejado. Muitas pessoas optam por apontar o erro e pedir uma troca. Já outras, preferem… entrar na cozinha com uma arma e atirar.

Lillian Tarver, do estado de Georgia, nos Estados Unidos, fez um pedido com o acompanhamento popular para seu lanche, recebeu tudo certo, e se retirou. Em seguida, ela voltou ao balcão e disse que suas batatas estavam frias.

De acordo com outra empregada, Lynn Watson, a cliente causou um alvoroço e ainda jogou sua bebida no gerente e nela, que teve de segurar a cliente. O gerente da unidade voltou para a cozinha para trocar as fritas por algumas mais quentinhas. Aflito, ele alegou ter dado um reembolso pela compra para a mulher.

Nisso, Lillian invadiu a cozinha com uma arma que pegou no carro e deu um tiro no chão, de acordo com o dono da franquia. Lynn mencionou que todos foram para o fundo da cozinha, com medo.

Quando a polícia chegou ao local após ser acionada, a mulher já havia fugido da cena. No entanto, por sorte, as autoridades conseguiram encontrá-la e prendê-la pelo ato.

O dono não citou a briga antes do tiro em seu depoimento à mídia.

O efeito das armas: Cenas clássicas sem suas armas

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos