Hattie Retroage tem 82 anos e está longe de diminuir o ritmo. A nova-iorquina abraça sua idade e contou ao Daily Mail que nunca foi rejeitada por homens mais novos, pelo contrário, ela sai apenas com pessoas 30 anos mais jovens.

“Uma ‘cougar’ nunca vai atrás de homens mais novos”. A gíria da língua inglesa se refere a mulheres que preferem se relacionar com parceiros jovens e Retroage relata que, normalmente, são eles que vão atrás dela. Os encontros são marcados através de aplicativos de relacionamento, como o Tinder.

Retroage é mãe de Rama, quem apoia seu estilo de vida livre, John, um pouco mais conservador, e possui três netos. Solteira há 35 anos, ela já mostrava marcas da personalidade ousada desde 1984, quando se divorciou. “Ele não se esforçou o suficiente para mandar nossos filhos para a universidade, foi isso que destruiu o nosso casamento”. Formada em uma faculdade de artes de Nova York, ela abriu uma escola de dança com o marido e conta que se separar a libertou.

A princípio, a norte-americana até tentou sair com homens de sua idade, mas contou ao tabloide ter desistido ao perceber que eles não performavam bem na cama. “Homens mais velhos não são adaptados para darem orgasmos às mulheres”. Foi quando a jornada com pessoas mais jovens começou.

Atualmente, ela atua como coach e escritora. Àquelas que desejam seguir seus passos e ter uma vida sexual ativa, Retroage insiste que ‘amem e honrem’ seus corpos, uma forma de mantê-los ativos após a menopausa. E dica importante: “se masturbem! Você precisa manter o motor funcionando.” Outro estímulo que ela indica são filmes pornôs e elogiar o parceiro quando estiver excitado.

Para manter a vitalidade, a escritora faz exercícios diários, nada e toma vitaminas. Apesar de preferir não envelhecer, ela prova que aprendeu a amar a maturidade. “Eu gostaria que meu corpo não tivesse rugas, mas não vou tornar isso um problema”. Apesar do sexo na terceira idade ainda ser pouco discutido, ela tentar normalizar o assunto “pessoas gordas, magras, todo mundo está transando. Todo mundo faz isso!”

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos