Os americanos Amanda Withrow e Edwin Acevedo haviam marcado a data do casamento e preparado uma cerimônia na praia para esta semana. Para eles, seria tempo perfeito para se organizar antes da chegada do primeiro filho.

Mas, Amanda deu à luz antes do previsto quando estava com 30 semanas de gestação. O pequeno Oliver nasceu prematuro e, há algumas semanas, é mantido na UTI neonatal do hospital.

Neste cenário, chegou o dia do casamento. E, em vez de cancelar tudo, o casal mudou os planos. Eles desistiram do casamento na praia e da festa e decidiram se casar na capela do hospital em que o filho está internado. Assim, Oliver também podia participar.

O bebê, aliás, foi o centro das atenções. Ele entrou pelo altar nos braços da mãe e ficou por lá durante toda a cerimônia. “Eu não podia ter pedido um casamento mais especial e inesquecível que este. Estava cercada por familiares e por pessoas maravilhosas que estão cuidando do meu bebê”, disse ao site Metro.

Fechar X
Sem mais artigos