Bruna Drews

Bruna Drews usou o Instagram, nesta segunda-feira (21), para falar novamente sobre o caso de assédio sexual que move contra o apresentador José Luiz Datena.

A jornalista denunciou que ouviu de Datena que ele “tocava punheta pensando nela” e que Bruna não precisava emagrecer “porque já era muito gostosa”. Em licença médica desde julho, a repórter fez uma queixa formal ao Ministério Público e move ação trabalhista contra a Band, à qual acusa de ter sido conivente com o caso.

“Como ex-repórter criminal sei que, infelizmente, processos por assédio sexual acabam no máximo em pagamentos de cestas básicas para o Estado! Nunca pedi nada e nunca fiz chantagem com o apresentador!”, disse Bruna Drews na postagem mais recente.

Bruna ainda continuou: “Não fui eu quem quebrou o segredo de Justiça, mas ele. Soube pelos meus advogados que ele teve todo o acesso ao meu processo trabalhista, que segue também em segredo de Justiça. Apenas por isso decidi falar. Obviamente, muitas testemunhas que estavam no bar (amigos pessoais e funcionários de Datena) não vão contar a verdade. Mas tenho certeza que ela será esclarecida pela Justiça. Esta é a ultima postagem que faço sobre o assunto e gostaria de terminar com uma frase de Simone de Beauvoir: Na sociedade machista, o homem é definido com ser humano, a mulher como fêmea”.

Fechar X
Fechar X